DIA UNIVERSAL DA CRIANÇA: PREFEREMOS CRIANÇAS OBESAS?

Hoje, na Espanha, a taxa de obesidade infantil aumenta como a espuma, estamos à frente dos Estados Unidos, com 19% das crianças obesas na Espanha em comparação com 16% das crianças Americanos, três vezes mais de 30 anos atrás. Parece que, de repente, os pais gostariam de ter filhos obesos. Essa tendência pode ser remetida?

Quais são as consequências da obesidade infantil?

A obesidade infantil não é apenas valiosa em termos de problemas de saúde física de longo prazo, como diabetes, colesterol, hipertensão, etc. que, em última análise, pode ser aliviada com um tratamento farmacológico, quase mais importantes são os problemas psicológicos envolvidos, sendo uma criança obesa em uma sociedade que, cada vez mais, supervaloriza a aparência física.

As crianças obesas, têm grandes dificuldades para a sua integração social e sofrem de baixa auto-estima que criam barreiras, em muitos casos intransponíveis e que determinam seu caráter e status na sociedade como adultos.

O que pode ser feito pelos pais?

  • Inicie seus filhos na cozinha, desde pequenos, peça ajuda para cozinhar e peça-lhes que preparem seus lanches ou lanches.
  • Leve com você para comprar, sempre que possível, falar sobre alimentos saudáveis ​​e aqueles que não são, explicando a diferença.
  • Cuide das quantidades. Sirva as porções de seus filhos para as crianças, não as force a comer mais do que elas precisam.
  • Evite consumir fast food e comer com pressa, e se for necessário, deixe claro que tem sido uma coisa esporádica e oportuna, e também evite espalhar propagandas de junk food para crianças em casa.
  • Não coma assistindo televisão, faça da comida um ato agradável de comunicação e abordagem familiar.
  • Mostre ao seu filho que você gosta de se exercitar, compartilhar atividades e jogos com eles, ao ar livre, se possível, e usar música para gerar movimento.
  • Limite o tempo de assistir TV e usar o computador mais 1 h. Por dia. As crianças não devem ficar paradas por mais de uma hora. a menos que eles estejam dormindo

A entrada DIA UNIVERSAL DA CRIANÇA: PREFEREMOS CRIANÇAS OBESAS? foi publicado pela primeira vez em Diesalud.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *